Tem vontade de ser um headhunter? Conheça mais detalhes da profissão


"Headhunter", na tradução literal, significa "caçador de talentos". E, bem, é exatamente isso que um headhunter faz: buscar e achar talentos ideais para determinadas vagas. A seguir, explicamos mais alguns detalhes e contamos como costuma ser o dia a dia desses profissionais. Acompanhe!


As características que um bom headhunter costuma ter

  • Persistência

  • Habilidade para trabalhar em equipe

  • Disposição para fazer acontecer

  • Humildade

  • Disciplina

  • Automotivação

  • Energia

  • Habilidade de negociação

  • Análise crítica

  • Foco


Quais as atividades de um headhunter?

É normal que as atividades variem conforme o cenário de cada empresa. De forma geral, contudo, é comum que o headhunter participe de ponta a ponta de um processo seletivo, do início ao fim. De acordo com a Robert Half, consultoria que é referência no assunto, isso inclui:

  • Prospecção comercial

  • Identificação das necessidades dos clientes

  • Negociação com clientes

  • Formalização de propostas e contratos

  • Busca de candidatos usando os diversos recursos disponíveis

  • Mapeamento de mercado

  • Entrevistas com candidatos

  • Elaboração de pareceres técnicos

  • Organização das entrevistas dos candidatos com os clientes

  • Acompanhamento da proposta ao candidato finalista

  • Follow-up dos candidatos contratados


E o dia a dia, como funciona?

A rotina de um headhunter se divide, em especial, em duas áreas: recrutamento e comercial. Não por acaso, é extremamente movimentada e pode mudar muito de um dia para o outro. O comum é que sejam feitas entrevistas com diversos profissionais, atividades comerciais para entender a necessidade de cada cliente e, claro, uma gestão de processo completa. praxe, são feitas entrevistas com diferentes


Diferente do que muita gente imagina, para atuar como um headhunter não é obrigatório ter formação na área de Recursos Humanos. Pelo contrário, é comum que profissionais de outras áreas – desde engenharia a contabilidade, por exemplo – conheçam a área, se apaixonem e se tornem headhunters, especialistas inclusive em encontrar talentos da própria área. O mais importante é ter um bom repertório técnico, saber se comunicar com clareza e ser orientado a resultados.


E aí, acha que essa carreira tem a sua cara? Para ficar por dentro desse assunto e de outras tendências do mundo corporativo, acompanhe a iestro nas redes sociais: estamos no Instagram e no LinkedIn.


4 visualizações0 comentário